segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Dear John


Quando penso em você e eu e no que compartilhamos, sei que para os outros seria fácil menosprezar o tempo que passamos juntos simplismente como um subproduto dos dias e noites, uma “aventura” que, a longo prazo, não significa absolutamente nada. É por isso que não conto às pessoas sobre nós. Eles não iriam entender, e não sinto necessidade de explicar, simplismente porque sei em meu coração como foi real. Quando penso em você, não posso deixar de sorrir, sabendo que você me completa. Eu te amo, não só agora, mas sempre [...] Querido John

5 comentários:

  1. eu assisti esse filme no final de semana! simplismente perfeito :') beijos

    ResponderExcluir
  2. É perfeito mesmo, e o livro é melhor ainda :D

    ResponderExcluir
  3. eu amo por demaaaaaaaaaaaais esse livro. E o filme então... ficou perfeito *-*
    boa escolha de postagem
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Boa noite!
    Somos do Projeto Créativité e lhe convidamos para dar uma olhadinha, e se possível participar!

    http://projetocreativite.blogspot.com

    Agradecemos :D

    ResponderExcluir